Seja bem-vindo

19 de maio de 2009

Amizade cresce e união reforça-se


Saint Patrice (França) ‘aloja-se’ em Louriçal do Campo

Amizade cresce e união reforça-se

Tudo começou há cinco anos. Daí para cá Saint Patrice e Louriçal do Campo estão irmanadas. Os encontros sucedem-se entre cá e lá.

As localidades de Saint Patrice, em França, e Louriçal do Campo, no concelho de Castelo Branco, estão irmanadas desde há quatro anos. Os encontros têm-se sucedido, mas o número de pessoas a aderir tem vindo a aumentar. Substancialmente. A amizade cresce e a união reforça-se.

No entanto, este não é um mero encontro de amigos e os debates aprofundam a relação. Falar da Europa e do futuro dos jovens de ambos os países tem sido uma constante. Desde 2005, altura em que foi assinada a geminação. Um ano depois do primeiro encontro, quando o presidente da Junta local pediu que alguém desse ideia para encontrar uma localidade portuguesa para fazer essa mesma geminação.

Rosa Breia é uma das responsáveis para que tudo tenha chegado aqui. Natural de Louriçal, não hesitou em avançar com o nome da sua terra natal. Na altura os autarcas de hoje não eram os mesmos, mas o intercâmbio permaneceu.

“Estes encontros fazem-se pela amizade, mas também pelo debate, onde os cidadãos europeus são o mote, muito a pensar nos jovens”, refere Rosa Breia ao Reconquista, acrescentando que “eles são o futuro e é a eles que cabe decidirem o que querem”. Destaca que a sua terra natal tem muitos jovens, coisa que não acontece em Saint Patrice.

No próximo ano será Louriçal do Campo a deslocar-se a França e o convite ficou feito. E, segundo Rosa Breia, a ideia é que essa visita coincida com as festas de Chinon, uma localidade a 20 quilómetros de Saint Patrice. Porque o seu castelo está a ser recuperado e a inauguração acontece no próximo ano. Este castelo é deveras importante, na história francesa. Refira-se, só a talhe de foice que por ali passou Joana D’ Arc.

Rosa Breia conta com o grande apoio da sua amiga Manuela Guerra que, apesar de não ser de Louriçal, recebe as pessoas em casa como se fossem da sua terra.

Ensinar e aprender uns com os outros é um dos lemas destes encontros, como referiu a presidente de Junta, Paula Reis, com a ideia de que, no futuro todos possamos viver num mundo mais justo, “porque mais equilibrado”, afirmou.

François Augé, o maire de Saint Patrice estava satisfeito com mais um encontro e com a recepção que Louriçal do Campo lhes proporcionou. “Esta união é a tradução concreta daquilo que é a construção da Europa”, adiantou o presidente de Junta de Saint Patrice.

A deputada socialista, da Assembleia da República, Hortense Martins, disse estar satisfeita com este encontro e com o debate de ideias em que participou, sobre aquilo que se pretende para a Europa. E, segundo referiu, o mais importante é que “se respeite as diferenças e se valorize a nossa identidade cultural”.

Já o vereador Luís Correia distinguiu, do encontro, o aspecto social e a amizade que une estas gentes, fundamental, segundo ele, para a construção europeia. “Se tivermos por base esta amizade teremos uma melhor Europa”.

Este encontro decorreu entre 1 e 3 de Maio e contou com um vasto programa de animação e de visitas a diversos locais da região. Destaque-se o primeiro jantar, que contou com a actuação de Arlindo de Carvalho.

Por: Cristina Mota Saraiva

In Jornal " A Reconquista" de 14 de Maio de 2009

Sem comentários: