Seja bem-vindo

6 de fevereiro de 2011

Maravilhoso este dia (...)


Hoje, ao acordar, abri a janela e, deparei-me com um belo dia de sol. Vontade de sair à rua e fazer qualquer coisa que fosse para apanhar sol na "moleira". Assim fiz, peguei na máquina fotográfica e sai para um lugar qualquer que me fosse agradável. Dei por mim, no autódromo do Estoril onde se estava a realizar a prova do Formula GT. Longe de tudo e de todos, tomei a liberdade de fazer gozo daquele momento. Entre muitas fotos, olho para o lado e, por espanto meu, deparo-me com um amigo que, também pelo gosto da fotografia, ali estava ele.

Pensei! Qual o motivo que me poderá ter trazido aqui. Sol, um belo dia de sol. Foi este o motivo da minha alegria deste dia.

Esta foi a minha experiência do dia de hoje e, sobretudo motivada pelo belo dia de sol que, hoje alguém nos proporsionou.

Paro e penso, O que é que está errado??? Que se passa?? Mas afinal, foi um dia de sol como os outros.

Conclusão: Deixamos de trabalhar para viver e passamos (lamentavelmente), a viver para trabalhar. Os ritmos de vida que temos hoje, não nos deixa sequer pensar no dia seguinte, pois deixamos de ter tempo para isso. Quando é que isto pára? Ou se um dia parará !! 

Quero deixar a mensagem de que a vida são dois dias, por isso, gozem o que esta tem para vos dar e sobretudo, dar valor e tirar o melhor proveito dos nossos dias.

Quase que pareço um artista qualquer que, por acaso, até gosta de escrever umas coisitas mas, este dia de sol, fez de mim, pelo menos por hoje, um homem feliz e contente.

Desculpem o desabafo, mas hoje foi assim....

Obrigado a todos,

xxcucoxx

2 comentários:

Telmo Domingues disse...

Fantástico desabafo, como te entendo ... também eu ando frustrado, saber que tenho provas prestar para breve e no entanto olho pela janela, somente pela janela pois não tenho outra maneira, e fascína-me o belo dia de sol, o belo dia para vir à rua e encher os pulmões de ar livre, quente do sol, e saber que apenas posso desfrutar do dito apenas como luz que ilumina a minha carteira onde tenho papeis e mais papeis ...

Grande abraço.

Cristina disse...

A vida passa por nós a correr; o tempo, esse, corre ainda mais veloz, e pelo caminho falta-nos o tempo para desfrutar das pequenas coisas que a natureza tem para nos oferecer, como um lindo dia de Sol...
Às vezes basta isso: apanhar um bocadinho de Sol, para renovarmos as energias e esperanças em dias melhores... em dias assim.
Que estes dias se multipliquem na sua vida, para que lhe tragam mais felicidade...