Seja bem-vindo

21 de janeiro de 2012

Status Louriçal do Campo no ano de 2021 e 2031

Já não é novidade para ninguém. Todo o interior do nosso país está a viver tempos difíceis a todos os níveis. Quer económico, demográfico e até mesmo financeiro. Isto para não falar quanto aos seus acessos que agora, sujeito também o pagamento por cada quilómetro percorrido.
No passado dia 21 de Março de 2011, foram então divulgados pelo INE, embora preliminares, os resultados Censo 2011. Para os mais atentos, terá sido fácil constatar as tendências demográficas.

No final desse mesmo ano, mais precisamente a 07 de Dezembro de 2011, o INE disponibilizou outros resultados que vêm confirmar a narrativa dos anteriores mas agora com maior detalhe e rigor.

No concelho de Castelo Branco, em foco, é notória a desertificação das aldeias circundantes num período de 10 anos (2011 / 2001). Castelo Branco e Alcains foram os destinos mais "procurados" pela população mais nova que, certamente pelas melhores condições de vida, nomeadamente económicas. Entretanto todas as 23 aldeias do concelho perderam população, nomeadamente, residente.

Louriçal do Campo não foge á regra. Em 2011 ocupa a 15ª posição com 636 habitantes residentes enquanto que no ano de 2001, eram 805 habitantes residentes ocupando assim a 13ª posição. Portanto, um decréscimo em 21% correspondendo a uma perda de 169 habitantes residentes.

Para esclarecer de forma mais clara esta tendência em 10 anos, teríamos de recorrer a outros elementos, tais como o número de falecimentos ocorridos. Sabemos que as aldeias são compostas por uma população residente maioritariamente idosa, por isso, pensamos que seja este o fenómeno que mais terá o seu contribuído para esta perda. Para já não de referir a taxa de natalidade que, por si só, é quase irrelevante.

Preocupado com o futuro destas aldeias do concelho de Castelo Branco, recorri à estatística e, considerei a aldeia de Louriçal do Campo, como amostra de trabalho. Pressupus todas as tendências e dados INE (De 1991 a 2011) e projectei o futuro em 10 anos (Ano 2021) e a 20 anos (Ano 2031). Conclusão: ASSUSTADORA !!!!!!!!!!!!!!

Conclusão: Em 2021, Louriçal do Campo terá, no máximo 200 habitantes residentes. Este decrescimo a registar entre os anos de 2011 e 2021, será devido ao flagelo do elevado índice de mortalidade que irá acontecer nesta década (a não esquecer o facto da população idosa que já nos dias de hoje se apresenta). Em 2031, Louriçal do Campo resumir-se-á a 84 habitantes residentes composto por 42 Homens e 43 mulheres.

Tento ser delicado e sobretudo, muito cuidadoso com esta conclusão, pois, os pressupostos, dados e tendências consideradas, foram com base nos elementos do INE. Naturalmente que, a alteração, ao longo do tempo futuro, de qualquer um destes pressupostos, nos levará a conclusões distintas.

Não há memória, pelo menos entres os do nosso tempo, de tão desgraça que nos avizinha. Estamos a chegar aos indicadores de há 200 anos atrás.

Pergunto: O que será que está a ser feito (ou não), para contrariar estas tendências tão tristes nas nossas aldeias e que, ao mesmo tempo, tão junto de nós? E as nossas raízes? Será que as entidades competentes, nomeadamente, políticos locais e regionais (municipais) já fizeram estas contas? (para reflecção, presumo!).

Para melhor entender, deixo aqui bem presente a realidade futura de Louriçal do Campo.

 
 
 
xxcucoxx

Sem comentários: