Seja bem-vindo

15 de fevereiro de 2012

Festejos de S. Sebastião, ano 2012 - Balanço Final

Tal como aqui foi divulgado, decorreu no passado fim-de-semana de 21 e 22 de Janeiro do corrente, os tradicionais festejos em honra de S. Sebastião.


Comissão de Festas encarregada por esses festejos, divulgou entretanto ao Povo as contas / Balanço entre receitas e despesas com um saldo positivo de 426,41 eur assim como também a aplicação desse mesmo valor.


Quero aqui, em nome de todos os que estiveram presentes, o nosso bem-haja à Comissão 2012 pela realização e organização deste evento assim como também a todos os que, de uma forma ou de outra, contribuíram para a sua concretização.

xxcucoxx

2 comentários:

José Custódio disse...

É bonito sentirmos tanto afecto pelos seus textos. Nasci nesta Aldeia, não me desloco lá com regularidade; no entanto, aprecio o carinho com que encara cada fragmento que comenta, como que tentando construir uma história a cada pedaço de terra, acontecimento, evento ou mesmo cidadãos. É pena que a vida às vezes seja tão dura e não nos dê margem para conclusão de sonhos no nosso berço, mas essa é uma premonição que não controlamos, porque advertências sentimentais não ajudam às consolidações patrimoniais. Ganham-se raízes noutros locais, mas nunca se esquece a nossa origem. Sou um dos seus leitores e agradeço-lhe a forma carinhosa como divulga a nossa ALDEIA.
Saudações cordiais;
José Custódio

xx Cuco xx disse...

Caro Amigo José Custódio,

Com muita gratidão, quero agradecer o seu comentário. Ao longo destes últimos 6 anos, através deste espaço, tento fazer o meu melhor pela nossa Aldeia e sobretudo, no pensamento de quem, por razões de vida, se encontra ausente. Um espaço que, de forma virtual, consiga aproximar os filhos à Aldeia que os viu nascer. E penso que o tenho conseguido com a interacção e ajuda de todos.

Nos post’s que aqui coloco, embora de uma forma breve e sempre que possível, tento dar um certo “cheiro” de história aos acontecimentos. Tenho notado que a reacção dos visitantes e participantes tem sido positiva na medida em que, faz-nos viver e lembrar momentos da nossa infância enquanto miúdos ainda na Aldeia.

Muito ainda havia para dizer, mas não me vou alongar mais pois haverá muitas e muitas mais oportunidades para o fazer.

As minhas visitas à Aldeia, por norma, são de mês a mês o que me permite, de certa forma, estar junto das pessoas que me viram crecer e conviver com elas. Faz-nos bem ao ego.

Quero agradecer, em nome próprio e, certamente, também em nome de todos os visitantes /participantes, o seu contributo para o crescimento deste espaço que é de todos.

Contamos com a continuidade dos seus comentários.

Bem-Haja
Carlos Domingues