Seja bem-vindo

11 de março de 2012

Cabeço do Galo e Castelo Velho, logo ali ao lado...


Cá de baixo, é bem visível aquele rochedo que alguém um dia, por parecer com a uma crista de galo, lhe deu o nome de Cabeço do Galo.


O Cabeço do Galo é uma formação rochosa granítica que se situa no alto do Castelo Velho na vertente sul da Serra da Gardunha, a cerca de 1.100 mtos de altitude. Surge como uma janela que atravessa um grande bloco granítico.


A Serra da Gardunha, aquele colosso de granito que se ergue de forma escarpada sobre um vasto plano de Castelo Branco, atingindo os 1.227 metros no seu ponto mais alto. A sua cobertura de uma vegetação composta por castanheiro, sobreiro e o pinheiro bravo vai até aos 800 metros de altitude. Os seus cumes despidos parecem-se com castelos arruinados.





São frequentes aqui, acumulações de blocos graníticos “in situ” respeitando o sistema de fracturas que lhes dão origem, conhecidos individualmente como “Tor”.






Tal como o Cabeço do Galo, outros geossítios interessantes, como por exemplo, a pedra bolideira, as gnammas ou pias, assim como a bola granítica com fracturação poligonal e o bloco fendido (classificados como Imóvel de Interesse Municipal), podem ser observados através da realização do percurso pedestre PR1 –Rota da Gardunha, a partir de Louriçal do Campo.

De facto, um passeio bem agradável que nos permite conhecer melhor o que nos rodeia.

Ficam os testemunhos fotográficos para deixar água na boca.

xxcucoxx

2 comentários:

Anónimo disse...

Que imagens espetaculares... E os comentários!!! algumas coisas eu desconhecia completamente; linda a serra da Gardunha... Adorei Carlos, Parabens. bjo

Anónimo disse...

sa saudades da inha terrinha,ainda bem que os amigos nos trazem a memoria imagues destas.muinto obrigado.
um abraço :duarte