Seja bem-vindo

27 de março de 2012

DOMINGO DE RAMOS


O Domingo de Ramos é celebrado no domingo que antecede o de Páscoa e que por excelência, dá inicío à Semana Santa. Celebra-se assim a entrada de Jesus em Jerusalém montado em um jumentinho – o símbolo da humildade – e aclamado pelo povo simples e humilde que, o aplaudia como “Aquele que vem em nome do Senhor”.

Esse povo tinha visto Jesus ressuscitar Lázaro de Betânia há poucos dias e estava maravilhado daí, ter a certeza que era o Messias anunciado pelos Profetas, mas estaría enganado no tipo de Messias que ele era. Pensava que fosse um Messias político, libertador social que fosse arrancar Israel das garras de Roma e devolver-lhe o apogeu dos tempos de Salomão. Como prova do contrário, Ele entra na cidade de Jerusalém, montado num jumentinho,

Desta forma, o Domingo de Ramos é o início da Semana que mistura os gritos de hosanas com os clamores da Paixão de Cristo. O povo acolheu Jesus abanando ramos de oliveira e palmeiras. Os ramos simbolizam a vitória: "Hosana ao Filho de Davi: bendito seja o que vem em nome do Senhor, o Rei de Israel; hosana nas alturas".

Os Ramos benzidos lembram-nos que somos baptizados e filhos de Deus, participantes da Igreja e defensores da fé católica.

Os Ramos sagrados que levamos para nossas casas após a Missa, lembram-nos que estamos unidos a Cristo na mesma luta pela salvação do mundo, a luta árdua contra o pecado, um caminho em direcção ao Calvário, mas que se chegaremos à Ressurreição.

Louriçal do Campo não se esquece também de celebrar o Domingo de Ramos. A miúdagem torna belas as imediações da Capela de S. Sebastião (ponto de partida para a Igreja Matriz de S. Bento), com altos e muito bem compostos ramos de loureiro, entretanto enfeitados com rosas de camélia e, qual deles o mais alto. Na entrada da Igreja, são estes os que terão de ser mergulhados para que possam então conseguir entrar pelo belo portado da Igreja. Lá dentro, começam entretanto as cerimónias religiosas assim como também, a bênção dos Ramos.

De facto, uma imagem muito interessante e digna de ser visitada, senão participada por todos.

Dá-se então a entrada na Semana Santa. Um motivo de atracção de muitas pessoas a esta Aldeia que veste de roxo o Senhor dos Paços na noite de 5ªfeira Santa. Uma procissão digna de participar que não deixa ninguém indiferente. Ali “vive-se” o caminho em direcção ao Calvário por Aquele que um dia Ressuscitou por nós.
Desde já, um convite muito especial a todos os visitantes deste espaço, para que estejam presentes neste dia tão simbólico e claro, sempre em Louriçal do Campo.

xxcucoxx

1 comentário:

Anónimo disse...

Obrigada Carlos por este esclarecimento de mais uma grande tradição em Louriçal do Campo... gostei pois há sempre coisas que desconheço nestas nossas tradições... bjos