Seja bem-vindo

27 de abril de 2012

Televisão Digital – Uma realidade



As últimas transmissões televisivas em sinal analógico terminaram ontem (26 de Abril do corrente) após mais de três meses do arranque do desligamento do sinal na faixa litoral do pais. Entre outros, os emissores da Gardunha e Lousã ficaram sem sinal analógico.

O termo “apagão” (processo de migração para a televisão digital terrestre (TDT)), veio causar alguma confusão nos meios mais pequenos que, alheios aos pormenores técnicos, a televisão é ainda a companhia e a preciosa aliada da população, nomeadamente mais idosa.

Após 55 anos de história da televisão, o sinal analógico rendeu-se ao digital. Esta novas tecnologias obriga-nos a um processo de adaptação e que ao qual não podemos resistir.

Contudo, nem tudo é mau. A qualidade de imagem digital destaca-se sobretudo pela sua nitidez. Para que a possamos obter, será necessário gastar algum dinheiro. A adquição de um adaptador/ descodificador e uma nova antena exterior (em alguns dos casos) são o fundamentais para essa mudança de sinal o que poderá fazer parte dum orçamento total entre os 60 eur a 70 eur.

Este processo aplica-se aos televisores mais antigos sendo que os mais recentes, já estão adaptados por isso, desnecessários gastos adicionais.

Pela amostragem que obtive, quase toda a população de Louriçal do Campo já se adaptou ao novo sinal e que na sua generalidade, a opinião é positiva quanto á qualidade do sinal.

Nos casos em que se torna necessária a substituição de antena, coloca-se a questão: E agora para onde “virar” a antena? Bom, nesta área eu não sou especialista mas, se o vizinho do lado já tiver sinal digital, basta orientar a nova antena no mesmo sentido da do vizinho e certamente que serão obtidos resultados.

A pensar especialmente nos filhos da Aldeia mas que nos visitam não de uma forma regular mas que , por ventura, necessitem de mais esclarecimentos sobre o assunto TDT, quero aqui deixar dois link’s que me parecem interessantes:




xxcucoxx

Sem comentários: