Seja bem-vindo

15 de outubro de 2012

O Taxi do Sr Manuel Luis







O Sr Manuel Luis, era um homem elegante, alto, espadaúdo e de muito respeito em Louriçal do Campo.

Estavamos nos finais dos anos 70 e decorrentes anos 80 quando, um magistroso Peugeot 404 era de taxi em Louriçal do Campo e conduzido pelo Sr. Manuel Luis. Este veículo tinha sido matriculado nos finais dos anos 60. Para sua identificação sendo viatura de serviço, era revestida de duas cores. Preto e verde como qualquer um da sua idade. Aliás, ainda se vêem muitos por aí.

Tratava-se de um veiculo de bancos corridos, tanto à frente como atrás. As mudanças eram colocadas ao volante. Volante esse que tinha uma semi argola que era  ali eraa buzina. O tanque de combustivel era atestado por trás da viatura. Alavancáva-se a matricula traseira e ali se encontrava a entrada do depósito.

Apanhei ainda alguma boleias nesse magnifico Peugeot a caminho da Oles quando visitava o meu avô. A simpatia deste Senhor dáva-se ao lixo de dar boleias a qualquer um mesmo sendo de serviço de taxi.
Eu era miúdo. Embora me lembre desse fabuloso e magistrado veículo, não tenho histórias para aqui deixar.


Deixaria essa oportunidade aos mais velhos pois acredito que aquele taxi, muitas histórias terá deixado por contar. Aos mais astutos, fotografias também serão bem-vindas para publicação.

Conto convosco....

Fotos: Pela inexistênia das mesmas e relativas à viatura em questão, estas foram retiradas da Internet.

xxcucoxx

3 comentários:

aluap disse...

O táxi do Sr. Manuel Luís e outros tantos veículos iguais a este atraía muito os miúdos nesses tempos que refere.
Você faz um belísismo trabalho quando escreve neste blog, publicamente, para todos os que o visitam, só é pena os seus conterrâneos não comentarem, não acredito que seja por causa da crise, bastava ir ao baú das recordações e no meio de tanta coisa, de certeza que os mais velhos encontram também alguma história engraçada relacionada com este táxi e Sr. Manel Luís. “Recordar é Viver”.

Bom Domingo.

Anónimo disse...

Eu bem me lembro do Sr Manuel Luis e do seu táxi, onde ainda viajei algumas vezes até Castelo Branco com a minha mãe. Naquela altura pouca gente tinha carro e os meios de transporte que havia eram os táxis. E lembro-me de uma característica que tinha, era uma enorme uva verde no espelho retrovisor de dento do carro. Obg Carlos por mais este fantástico trb!!!

xx cuco xx disse...

Boa noite Anónimo.

De facto, essa uva verde e de plástico, pendurada no rectrovicor interior, quase que me passava ao lado. É verdade, os meus momentos de infância dizem que sempre me lembro de lá ver essa uva. Por último, a mesma, quase que já se encontrava descolorida pelos tratos do sol.

O seu lugar de eleição para o estacionamento era feito na praça, no canto da casa da falecida Ti Maria Venância, junto à casa do também já falecido, Sr João Breia.

Obrigado pela recordação que se me aviveu por este comentário aqui deixado.

Obrigado e continuação de boas participações.

xxcucoxx