Seja bem-vindo

15 de setembro de 2013

Um fim de tarde com Joaquim Nicolau





Hoje, aqui por Lisboa, fomos ver um verdadeiro espectáculo de comédia cuja participação (em parte), ficou a cargo do nosso amigo, conterrâneo e actor Joaquim Nicolau. Uma participação brilhante, coisa de se lhe tirar o chapéu, de facto.

Estivemos com ele, oferecemos-lhe um miminho particular da nossa terra, que muito agradeceu. Uma pessoa humilde (tal como o conhecemos) que, na companhia da sua irmã e sobrinhos, prontamente nos identificou como sendo famílias de Louriçal do Campo, aldeia que o criou.

Fica o sentimento de gratidão, amizade e orgulho por ser mais um dos tantos filhos que Louriçal do Campo criou e que pelos cinco lugares do mundo, triunfam.

"Espetáculo com texto de Frederico Pombares, Henrique Dias e Roberto Pereira, encenação de Adriano Luz, voz off de Helena Isabel, interpretação de Joaquim Nicolau, António Melo, Almeno Gonçalves e Fernando Ferrão.

"Loucura dos 50" conta a história de quatro amigos que se encontram uma noite para comemorar a festa do quinquagésimo aniversário de Quim Fonseca, isto quando Xavier Santos, António Sousa e Manuel Ribeiro já ultrapassaram a também a fasquia dos 50.

Há uma mão cheia de anos que estes amigos não se reúnem. António Sousa, o psicólogo, mudou-se temporariamente para o estrangeiro, fruto de uma paixão. Xavier Santos esteve detido injustamente. 

E Quim Fonseca (guionista) e Manuel Ribeiro (produtor de tv) chatearam-se. Embora tivessem trabalhado juntos durante todos estes anos, fizeram-no sempre de costas voltadas... Tanto que Quim Fonseca nem o convida para a sua festa dos 50 anos. São os amigos que decidem levá-lo, com o intuito dos dois porem para trás das costas o motivo do rompimento da amizade... Motivo esse que vamos descobrindo ao longo da peça, que decorre em duas partes: o início da noitada e o depois da noitada. Ou seja, desde o pretensioso "diz que faz" ao mentiroso "diz que fez"...

Durante a hora e meia de "Crise dos 50" fazemos uma viagem cómica - mas ao mesmo tempo real - ao universo dos homens de 50 anos: os seus problemas, os seus desejos, os problemas para matar os desejos... e muita gabarolice, claro, que também faz parte."

Em Teatro Villaret.

Fonte "http://tmnentradalivre.sapo.pt/eventos-pagos/12650"


xxcucoxx

Sem comentários: