Seja bem-vindo

31 de dezembro de 2014

Felizes entradas em 2015....

Imagem do Google

Por respeito a todos os visitantes deste blog, a admin, deseja-vos um ano de 2015, especialmente feliz. De certo, e por se tratar de um ano impar, as melhores oportunidades de mudança surgirão para todos nós. Saúde, alegria, felicidade e muita paz espiritual, são os votos que vos desejamos. SEJAM FELIZES....

Boas festas mas também, uma excelente entrada em 2015. Tudo de Bom...

xxcucoxx

28 de dezembro de 2014

Igreja Matriz - Inauguração das Obras de Requalificação


Igreja Matriz de Louriçal do Campo
No dia 28 de Dezembro de 2014, pelas 15 horas, foi inaugurada a mais recente campanha de obras, realizada na Igreja Matriz de Louriçal do Campo, contemplando a total requalificação do seu interior.
Esta obra surgiu com a parceria do Projecto de Desenvolvimento Rural (PRODER) e da Câmara Municipal de Castelo Branco, bem como o contributo de oferendas, muito generoso, da população da freguesia.

Para assinalar esta data tão importante, a Banda Filarmónica da Aldeia abrilhantou a recepção das mais altas instâncias designadamente o D. Manuel Felício, Sr. Bispo da Diocese da Guarda, e o Dr. Luís Correia, Sr. Presidente da Câmara de Castelo Branco. Estiveram, ainda, presentes alguns membros da Junta de Freguesia e da Fábrica da Igreja Paroquial, nomeadamente o Presidente Sr. Pedro Serra e o Padre Valter Duarte.
A campanha de obras decorreu por um período de quatro meses, com início em Setembro de 2014, e termo, tal como previsto, em Dezembro de 2014. A obra esteve a cargo da Construtora Jerónimo Reis & Afonso, Lda., gerida por uma família de conterrâneos.









Aspecto geral da requalificação do interior da Igreja Matriz

Da obra em si, é difícil não dar reparo a tudo o que seja de pormenor. A qualidade dos serviços de requalificação leva-nos a um olhar mais atento, sobretudo na recuperação das imagens das imagens religiosas, expostas nas paredes laterais, mas também no brilho dado aos vários altares que compõem o interior da Igreja Matriz.
Foi dado, também, um lugar de relevo à pedra granítica das paredes laterais, do chão e dos altares.
Destaca-se, também, a luminosidade conseguida pela colocação e tratamento de madeiras claras. A iluminação artificial e sistema de som digital favorecem, assim, o aspecto final desta campanha de obras.
Deveremos estar orgulhosos por este feito tão bem conseguido. Os agradecimentos são, decerto, dirigidos àqueles que pensaram, organizaram, trabalharam e que contribuíram também para mais uma obra que tanto nos envaidece.
Bem-haja aos intervenientes,
Nota: As imagens aqui colocadas foram fotografadas dia 26 de Dezembro, dia em que começaram as últimas arrumações, tais como organização dos bancos e afins.

xxcucoxx

27 de dezembro de 2014

Entradas em 2015...



Dias lindos de sol soalheiro mas de manhãs e noites bem frias. Assim foram assinalados estes dias da semana de Natal em Louriçal do Campo.

O madeiro entretanto assentado no adro da Igreja Matriz, foi aceso tal como do costume, às 20 horas da noite mais bela do ano. 

Este ano, e provavelmente pelo facto de não ter sido celebrada missa do galo mas também pelo vento frio que se fazia fazer, a afluência da população não terá sido a mais esperada (mera opinião).

Altura ideal para reviver momentos e de confraternização entre familiares, amigos e outros.

Entretanto, eis que a época natalícia termina e espreita-se já aí o novo ano com o entradas com o pé direito. 

Louriçal do Campo proporciona essa entrada da melhor forma. Aparece e trás um amigo também.

Façam o favor de se divertir e votos de umas boas entradas no novo ano de 2015.

xxcucoxx

20 de dezembro de 2014

Boas Festas, são os votos...




A quadra natalícia aproxima-se. Chegou a altura de fazes-mos o balanço das atitudes que tomámos perante todos os que nos rodeiam. Familiares, amigos e menos amigos e, outros que fazem parte das nossas rotinas diárias.

Sugiro que coloquemos a mão na consciência e, perguntemo-nos se, em momentos menos felizes das nossas atitudes, sob o que teremos ganho com essas tais. A resposta será de certo: Não ganhamos nada, fomos infelizes e tudo mais…

As atitudes de todos aqueles que nos rodeiam influenciam também a nossa forma de estar. É verdade, respeito mas, não aceito que alguém possa ter a persuasão de querer modificar a minha forma porque essa é nossa e não haverá, de certo, qualquer lugar de incursão.

É bom que, nesta quadra de paz e amor, cada um de nós TODOS possamos reflectir sob os momentos e atitudes menos bem-sucedidas mas sobretudo, as medidas de correcção a tomar no futuro.

Sejam felizes e façam algo também para que os outros o sejam.

Boas festas a todos os visitantes deste espaço que é de todos.

xxcucoxx

O musgo no presépio…

Como qualquer um nós, na minha tenra idade enquanto crianças, fomos habituados a fazer o presépio.
 
Assim, dias antes do dia festivo, munidos dos utensílios necessários, recorríamos à mãe natureza para dela colher dela o mais belo e verde musgo.
Colhido com muito cuidado, era trazido para casa. Entretanto, o local ideal já estaria escolhido para confiar as mais belas imagens feitas de barro que, guardadas desde o ano anterior, iriam uma vez mais, encantar a um espaço apreciado em nossas casas.
O efeite do musgo no presépio
 
Montado o cavalete, colocava-se a mesa que seria coberta por um manto verde – o musgo-, cujo seu sentido seria o imaginário mando de relva.
As figuras, essas, eram colocadas cuidadosamente de forma que estivessem, todas elas, direccionadas ao local mais emblemático do presépio – A caverna onde seria o nascimento do Menino Jesus.

As pequenas farpas de algodão entretanto postas sob esse manto verde, serviam para figurar a neve imaginária tão natural das noites frias.

O pinheiro era, normalmente colocado imediatamente atrás da já referida caverna. Enfeitado com fitas coloridas, bolas e estrelas. Já mais tarde, as luzes que piscavam incessantemente, vieram dar ainda mais alegria ao nosso presépio.

Este ambiente entretanto criado, vivia-se até ao dia de Reis (6 de Janeiro do ano seguinte) pois, segundo a tradição, foi neste dia que o Jesus Cristo terá recebido a visita dos três Reis Magos.
Passados alguns dias, chegava a hora de recordar mas também de desfazer do presépio para tudo voltar ao ambiente normal. Todo este cenário entretanto criado dava espaço a um lugar vazio mas também com a esperança de mais ano bom.

xxcucoxx

7 de dezembro de 2014

Formas e figuras da Serra da Gardunha em livro





Será apresentado, já no próximo dia 8 de Dezembro pelas 16h, no Salão Nobre da Junta Freguesia de São Vicente da Beira, o livro “GeoMorfologia  da Gardunha – Figuras e Formas Graníticas da Serra da Gardunha” . Trata-se de um trabalho de recolha de imagens sob as formas e figuras graníticas que a Gardunha nos dá e que, de algumas bem conhecemos.

“Apesar das fotografias editadas neste livro expressarem a minha interpretação das figuras e formas da Serra da Gardunha, este é um trabalho de fotografia documental, um testemunho que reproduz o granito tal como ele surge na natureza”. Eis as palavras do seu autor, António José, após vários anos de investigação e aproximação ao tema do livro.


Jornal Reconquista - Ed. 3586 de 04 de Dezembro de 2014, pág. 20

Do livro propriamente dito, é de excelência. Tanto na encadernação como na qualidade das suas páginas que guardam um conteúdo magnífico que, para os amantes da Gardunha, não passará despercebido.

A entrada é livre e o convite fica feito. Aproveitem a oportunidade para poder estar junto de outros que também contribuíram para esta magnifico trabalho que afinal, é de e para todos nós, os amantes da Gardunha.

Bem-hajas e votos de muitos êxitos ao Amigo António José e à Gega (Grupo de Estudos e Defesa Do Património Cultural e Cultural da Gardunha).

Para mais informações, consulte:
https://www.facebook.com/gega.patrimonio?fref=ts

 xxcucoxx

6 de novembro de 2014

“O rebentar e cair da folha”

Trata-se de uma expressão muito utilizada pelo povo quando associada à mortalidade normal mas que mais acentuada e que acontece nos períodos de Março/Abril e Setembro/Outubro portanto, inícios da Primavera e Outono, respectivamente.


Este fenómeno afecta sobretudo os indivíduos incluídos na faixa etária de maior idade que, mais frágeis aos rigores da natureza, (períodos de frio, humidade elevada e situações de sol baixo, associadas por vezes, a condições precárias) mais sofrem.


É nos meios com menor índice de população, nomeadamente as aldeias do interior do país, que os resultados são devastadores em que uma perda de, por exemplo, vinte vidas / ano, tem um impacto considerável no aspecto demográfico. É onde a expressão “o rebentar e cair da folha” é tida em ponderação e com muito respeito.

xxcucoxx

1 de novembro de 2014

Site Louriçal do Campo ("Historigrama")

É com muito agrado que, também por obrigação, quero aqui dar a conhecer ao público em geral que, passados seis meses do lançamento do site oficial de Louriçal do Campo, são registados cerca de 3.000 visitantes. Eis a prova final de que Louriçal do Campo necessitava deste trabalho para bem desta toda comunidade e que a este local diz respeito.



Um agradecimento  muito especial pelas vossas visitas a este espaço que é tão nosso e, claro está, sempre disponível para inaltecer em prol de Lourçal do Campo. Conto e sempre com o vosso contributo.

Bem-hajam.

xxcucoxx

13 de outubro de 2014

Igreja Matriz de Louriçal do Campo - Campanha de obras'2014

Boa noite Amigos,

Embora já com alguns testemunhos de culto no local, reza a história que a Igreja Matriz de Louriçal do Campo fora construída no lugar que a conhecemos no ano de 1559. Desde essa data, algumas obras de melhoramento foram tomadas em consideração. Entre 1784 e 1814, foram feitos vários apelos para a subida e reboco das paredes da "nossa" Igreja. Face aos recursos existentes, subiram-se as paredes mas sem reboco. Em 1880, foi mandada fazer a torre da Igreja.

Em 1926, foram feiras obras de ampliação da Igreja bem como o restauro total do seu interior. Em 1959, já o Pde Sequeira escrevia aquando do prolongamento da nave lateral e acrescento da sacristia. Em 2008, foram efectuadas obras de melhoramento no que conserne à sua cobertura - renovação total do seu telhado-.

Setembro de 2014, inicio dos trabalhos de requalificação e aproveitamento quanto possível do seu interior. Sabemos que a obra deverá ser entregue, segundo os detalhes do contrato de obra, a 31 de Dezembro do corrente. Damos a conhecer também que, segundo as fontes, as obras estão a correr a bom ritmo.

A todos os intervenientes, sabemos das suas capacidades, por essa razão, a população de Louriçal do Campo espera anciosamente o final desta campanha de obras para apreciar o resultado final que, de certo, apreciar o resultado final.

Nossa Sra do Sameiro numa perspectiva diferente do habitual

Votos de boa campanha aos intervenientes.

Saudações,

xxcucoxx

13 de setembro de 2014

As vindimas de Setembro


"Por este ano, a uva está atrasada. O verão não facilitou o processo natural do amadurecimento da uva”. Estas são as palavras da actualidade entre os habitantes da nossa Aldeia.

De facto, o calor de verão que se fez sentir este ano, não abondou pelas nossas bandas e daí a uva estar atrasada para a vindima em cerca de duas semanas. Por outro lado, com a entrada no mês de Setembro, (embora sem relevo de maior), as primeiras chuvas já se fizeram sentir. O que pode provocar estragos e denunciar uma bela colheita.

A vindima realiza-se no decorrer do mês de Setembro reunindo assim, familiares e amigos para a recolha das uvas, entre vinhas e paredões. Após a apanha, com a ajuda de tractores, transportam-se, normalmente, para as casas dos seus proprietários.

Em Louriçal do Campo, qualquer “casa” que se prese por ser detentor de vinhas, tem em suas habitações reservado um espaço, (normalmente nas zonas de arrecadação), apropriado para as azáfamas do vinho. Para além do local das cubas que mais tarde irão armazenar o vinho, existe também um pequeno lagar (conhecido por pio), onde são esmagadas as uvas para posterior fermentação.

Não abdicando do bom estado da uva, a sua fermentação é, quase de certo, provavelmente o processo mais delicado. As medidas de acidez e açúcar são factores de relevo e que deverão ser tomadas à risca para a obtenção de um bom vinho.

Por um período de sete dias, a massa deverá ser envolvida pelo menos duas vezes ao dia de modo a que a fermentação fique feita nas devidas condições. Passado este período, prossegue-se ao armazenamento deste líquido (mostro) tão precioso para cubas apropriadas para o efeito.

O vinho ainda “verde” [o mosto], fica em repouso até “ao virar" com o frio de Inverno pois, segundo o ditado português, “Em São Martinho, vai-se à adega e prova-se o vinho”.

xxcuxoxx

2 de setembro de 2014

Festejos Anuais' 2014 - Louriçal do Campo (3)

Tal como em anos ateriores, a ARFAL esteve também presente para abrilhantar e contribuir para o sucesso dos grandes festejos 2014. Tal como anunciado antecipadamente, realizou-se assim, o 16º Almoço / Convívio entre os ex-elementos e amigos da Sociedade filarmónica de Louriçal do Campo. Tal evento teve lugar na tenda do restarante instalada do recinto de festas onde estiveram presentes cerca de 30 participantes.







A refeição tomada foi elegida pela organização e confeccionada pelos serviços do Centro de Dia de S. Bento que deixamos desde já, os mais sinceros parabéns pela sua confecção e preparação.

Entre alguns participantes activos, ficou a promessa de uma surpresa a concretizar-se para o convívio 2015. Resta-nos esperar por mais um ano cheio de saúde.

Bem-haja pela participação de todos os que estiveram presentes mas também a todos aqueles que proporcionaram este momento.

xxcucoxx

28 de agosto de 2014

Festejos Anuais' 2014 - Louriçal do Campo (2)

Terminados os festejos 2014, resta agradecer à Comisão de Festas´2014 pelo seu desempenho, esforço e dedicação quanto à realização de tal evento mas também porque primou pela continuidade do mesmo. Não esquecendo também a todos aqueles que, de uma forma directa e indirecta, estiveram presentes e que de certo modo, deram o seu contribito festivo (no seu todo).

Deixamos aqui testemunhos de alguns momentos mais altos dos festejos.















Felicitamos ainda a Comissão de festas nomeada para ao próximo ano de 2015, sorte e, de certo que, contem com Louriçal do Campo e Amigos.

Bem-haja a todos pelo contributo a Louriçal do Campo.

xxcucoxx