Seja bem-vindo

5 de março de 2015

Cheiro a terra mexida. Aproxima-se a Primavera (...)


As condições meteorológicas que ainda se fazem sentir são típicas do Inverno. Contudo, por vezes as carregadas nuvens que pairam no céu, já deixam espreitar alguns e quentes raios solares.


Por esta altura do ano, as podas estão terminadas e a primavera aproxima-se. Com ela, chega também a preparação dos terrenos agrícolas para as primeiras sementeiras do ano.



A preparação e o cavar das terras de cultivo são feitos com a ajuda preciosa de máquinas e alfaias agrícolas. É nesta fase que, também são adicionados fertilizantes orgânicos para que a terra fique mais fértil.
Preparação do terreno

As sementeiras de primavera (normalmente ainda nos finais de Fevereiro) iniciam-se com a sementeira das batatas têmperas. Tal como o seu nome indica, são batatas da tarimba (do ano passado).
 
Sementeira de tradicional

O seu maior “inimigo” é a geada. Quando fortes, “queimam” a rama da batateira ainda frágil. Para evitar este possível cenário (pois ninguém consegue prever os fenómenos mais adversos que a natureza nos dá), aproveitam-se as terras de cultivo com algum arvoredo para que assim a sementeira fique menos desprotegida.

Batatal
Batateira em desenvolvimento

Em perfeitas condições, as batatas amadurecem aproximadamente entre 14 e 16 semanas. Quando a rama ganha flor, é sinal que estão quase prontas para serem colhidas. Após esta fase, a rama começa a ficar seca e de cor amarelada. Significa então que, os tubérculos alcançaram o seu desenvolvimento máximo e assim, prontas para serem extraídas da terra.
Flor da batateira

Mediante as condições de acesso aos terremos de cultivo, assim são escolhidos os utensílios a utilizar na sua extracção. Em terrenos de maior dificuldade de acesso, é utilizada a enxada.
A batata
Finalizada a extracção, segue-se a apanha, recolha e armazenamento da batata em locais secos e cobertos.

xxcucoxx
 

Sem comentários: