Seja bem-vindo

20 de abril de 2015

Louriçal do Campo merece (...)


Louriçal do Campo - Inícios década de 80


Estivemos em Louriçal do Campo para passar a Páscoa na comunhão de familiares e amigos. Foram três dias bem passados onde houve lugar também a trabalhos de limpeza dos quintais que rodeiam as casas de habitação de familiares.

Muitas são as casas de habitação referenciadas como habitação não permanente. Assim, nestes dias de festa, e dada a visita de seus proprietários e familiares, todas as portas e janelas se abrem para arejar o interior destas.

Cruzei-me com desconhecidos que nunca tinha visto por ali. Foram-me apresentados e depressa percebi das suas origens. Oriundos de Lisboa que, a convite de um conterrâneo com habitação não permanente, demonstraram o gosto e encanto pela aldeia.

As cantarias de granito na construção das habitações, a natureza envolvente e, sobretudo o cuidado com a limpeza das artérias de Louriçal do Campo, foram pontos fortes e de destaque que lhes proporcionaram vontade de voltar e, até mesmo que sabe, poderem no futuro, vir a adquirir casa de campo (como lhe chamaram).

Eis mais uma de tantas provas que Louriçal do Campo é uma terra de encanto para quem a vive e, quem a visita, volta decerto.

Muitas têm sido os mais variados eventos e iniciativas de carácter geral, organizados pelas várias entidades, associações e gentes que gostam da aldeia que têm dado sucessão ao digno e bom nome de Louriçal do Campo. Muitos outros que, aparentemente mais ausentes e sem ao olhar de todos, também se esmeram com feitos a favor da nossa aldeia.
  
As tecnologias de informação, particularmente as redes sociais, têm sido um bom meio de transporte e por isso, bem aproveitadas na divulgação das actividades que ocorrem e por conseguinte, na aproximação das pessoas como colectivo.

Acredito estarmos no trilho certo. É uma questão de continuidade e de criatividade. Cativando a iniciativa e envolvência dos mais novos precavendo assim a criação de “grupinhos” porque, tendo em conta densidade da nossa aldeia, não deverá haver lugar a eles.

xxcucoxx

Sem comentários: